terça-feira, 11 de setembro de 2012

9º capítulo.


Luciano deu por minha falta e veio atrás de mim, me pegou chorando.
-Meu Deus o que ta acontecendo?
-Eu contei tudo pra ele, tudo. Já estava cansada, tava tudo entalado aqui, não agüentava mais.
-Meu Deus Elena, vem cá, vem, calma. – Ele me abraçou e eu chorava em silêncio nos seus braços. Ele havia me contando que Luan tinha saído chorando da festa e dizia que era um idiota. A festa acabou e eu fui dormir, precisava esquecer tudo que tinha acontecido naquela noite, minha cabeça tava a ponto de explodir.
No outro dia de manhã peguei um vôo pra Londrina, mesmo não estando tão bem, tinha prometido almoçar com os meus pais. Cheguei e fui bem recebida por eles, para minha alegria ou não, só Bruna estava lá. Almoçamos e eu chamei meu irmão num canto, contei tudo a ele.
-Você sabe o que eu penso sobre isso, e o que eu penso dele. Mesmo ele sendo o irmão da minha namorada, eu tenho vontade de quebrar a cara dele por tudo que ele fez com você, só não faço isso por você e pela Bruna.
-Violência não vai adiantar em nada, agora é o máximo de distância que eu puder ter dele, eu vou ter.
-Você ta chateada comigo?
-Porque estaria?
-Pelo fato de eu namorar a irmã dele.
-Não. Nunca. O amor a gente não escolhe e você sabe bem, isso é problema meu e dele, não seu e da Bruna.
-Mesmo assim, desculpa.
-Ei, para com isso.
-Mas como você ta, depois de tudo isso?
-Minha cabeça ta a ponto de explodir, vou pedir uns dias livres na agencia e vou pra casa de praia de Recife, lá termino os últimos ajustes do DVD do Thiaguinho, e descanso um pouco. To a ponto de explodir, virar cacos.
-Ô minha irmã, vem cá. – Ele me abraçou. – Faz isso mesmo, você precisa de um tempo, só seu, só você.
Conversamos mais um pouco e depois voltamos pra casa de meus pais, fiquei um pouco mais com eles que me pediram pra dormir lá, mais eu não podia, trabalharia cedo no outro dia de manhã. Falei a eles sobre a viagem de Recife, que ficaram meio desconfiados, mais me deram a chave. Peguei um vôo pra São Paulo e acabei chegando duas da manhã, porque tinha atrasado. Cheguei em casa, tomei um banho e capotei, trabalharia cedo no outro dia.
Focava no trabalho e tentava ao máximo esquecer aquele fim de semana, iria viajar pra Recife na quinta a tarde. Tinha recebido uma ligação do Rober que estava preocupado comigo, por não ter dado notícias essa semana, como ele tava de folga no fim de semana, iria até Recife me ver. O DVD do Thiaguinho estava quase concluído, iria ser gravado na próxima semana, e lançado de lá a dois meses.
...
Acordei cedo hoje, Rober viria passar o fim de semana comigo, disse que traria uma surpresa, sou uma pessoa muito curiosa, insisti ao máximo, mais ele não quis dizer o que era. Fui no mercado e fiz compras pra o fim de semana, esses dias em Recife estavam me fazendo bem, tava mais relaxada. Rober me ligou e eu fui pegar ele no aeroporto, o reconheci e vi que tinha mais gente.
-Oi amorzão, pensou que eu vinha e vinha sozinho? Essa cambada ta morrendo de saudades! – Sim todos da banda estavam ali, me matando de abraços e beijos, e eu morrendo de amor.



Mesmo não tendo chegado na meta, to postando ta? Bjs!! 

Um comentário:

  1. Lindo amor... Posta mais anciosa pro proximo capitulo! Bjs @ObcessaoSantana

    ResponderExcluir

Seguidores

Total de visualizações de página